As perguntas mais frequentes sobre o que significa ser Acompanhante-masculino

As perguntas mais frequentes sobre o que significa ser Acompanhante-masculino

As perguntas mais frequentes sobre o que significa ser Acompanhante-masculino

“Não é suficiente conquistar, tens de aprender a seduzir.”
(Voltaire)

É absolutamente normal que diante de uma controvérsia tumultuosa, como o domínio erótico é considerado em todo o mundo, tenha muitas perguntas sobre a adequação, rentabilidade ou “normalidade” da decisão que acabou de tomar ou que está prestes a tomar em relação à idéia de se tornar acompanhante-masculino. Mas infelizmente, a maioria das respostas que provavelmente procura nestas linhas também, não podem ser encontradas nalgum artigo, ainda menos no presente artigo e de facto, em nenhum lugar senão dentro da sua consciência.

Ninguém é capaz de responder de forma melhor e mais clara às confusões interiores que há dentro de si, do que a experiência pessoal, a perspectiva sobre a vida que adquiriu até agora ou o chamado que sente para fazer algo que considerar compatível consigo.

O que tentamos fazer com esse tipo de materiais escritos são apenas sugestões, no final das quais obviamente será você a decidir se for bem ou não, se puder continuar ou se, pelo contrário, for necessário parar por aí.

Portanto... eis aqui algumas perguntas e respostas, possíveis pontos de referência na sua decisão sobre uma profissão neste domínio:

 

É uma profissão rentável? Ninguém decide de fazer algo sem ter interesses. Quer que o interesse seja por prazer, paixão ou ganhos, as escolhas das pessoas têm claramente alguma motivação que as anima. Isso provavelmente ocorreu também com a sua decisão de se tornar acompanhante-masculino.

Alguém lhe disse sobre isso ou você viu alguma pessoa neste domínio de actividade, ou simplismente sentiu que a sua sexualidade e os desejos íntimos lhe permitem ou favorecem o seu envolvimento nesta profissão. Mas, em qualquer uma destas três variantes, tratou-se com certeza (directa ou indirectamente) de dinheiro também.

Por mais que você se sinta atraído pela sensualidade do sexo oposto, imaginou sem dúvidas várias situações... que não têm muito a ver com o que é bonito ou excitante.

Mas, se ultrapassou logo estas imagens mentais menos sedutoras, é óbvio que pensou em... dinheiro tambem! Porque SIM, é verdade, nesta profissão ganha-se bastante bem para ultrapassar com relativa facilidade os momentos que normalmente provocariam arrepios de desgosto a todos os homens.

Infelizmente, a profissão de acompanhante-masculino tem um período de prática e rentabilidade até cerca dos 40-45 anos, este período dependendo em grande parte da maneira em que conseguir manter o seu aspecto físico. Por isso, durante o período de grande rentabilidade financeira, seria bom administrar o dinheiro que ganhar com maxima sabedoria. Se não for capaz de fazer investimentos noutros negócios, então pelo menos faça algumas poupanças para o resto da vida, quando provavelmente vai continuar a poder trabalhar, mas sem ter os mesmos níveis de sucesso (sobretudo a nível financeiro).

Se você já viu ou vai ver pessoas (independentemente do gênero ou da orientação) que depois de terem tido uma actividade intensa e rentável neste domínio, ao envelhecerem acabaram em ruínas, esforçando-se numa situação lamentável, numa pobreza absoluta vivendo à periferia da sociedade, numa pobre e atormentada recusa da realidade, você deve saber que não é por culpa da profissão em si. Não foi por terem trabalhado como acompanhantes que acabaram nesta situação desesperada, mas sim por causa da mentalidade errada e a falta de discernimento, o desdém para com o “amanhã”. Quando tinham grande sucesso, gozavam sem esforços ou restrições tudo o quer tinha a ver com o divertimento, prazer ou loucura do momento e os clientes ofereciam-lhes uma adulação constante, esqueceram-se que isso tudo acontece (passageiramente) só porque a natureza deu-lhes algo que podem oferecer em troca, gastando o dinheiro como se cada dia tivesse sido o último, mas sobretudo tendo a certeza de que tudo bem, “amanhã” haverá outro dinheiro... sempre muito... sempre fácil... para sempre.

Mas quando o tempo passa e a idade inevitavelmente avança, quando a abundância de beleza com a qual empanturraram-se for esgotando, muitos acompanhantes encontram um fim deplorável. Você deve saber que este desfecho digno de compaixão não existe apenas nesta profissão. Existe em todas as pessoas que não entendem que viver a vida “hoje” tem a ver apenas com o lado psíquico e emocional da existência. Pois amanhã é um hoje também... E se você não pensa no seu futuro, a ter garantias a nível material, esteja certo que ninguém vai fazê-lo.

Não se esqueça! Tudo neste mundo, sobretudo a luxúria, tem o seu preço. É melhor não chegar a este reembolso.

 

É difícil no início? Muito provavelmente nenhuma actividade ou profissão é fácil no início. Sendo assim, o domínio erótico fica sujeito às mesmas regras, já que o início tem vários obstáculos e sobretudo momentos desagradáveis. Muitos abandonam os seus planos cheios de sensualidade e refinamento desde os inícios, já que a interracção com várias clientes nem sempre é uma experiência inesquecível ou não é nada como eles tinham imaginado inicialmente: uma história em ambientes de luxo, champanhe, boa música, conversas sofisticadas, roupa íntima sexy...

Mas se você encontrar a força para superar os vários testes específicos aos “primeiros passos”, com o tempo vai aprender a lidar com tais situações e sobretudo... a evitá-las!

 

O que devo fazer para praticar esta profissão como profissional? É muito difícil oferecer uma única resposta a esta pergunta, já que a profissão de acompanhante e sobretudo de acompanhante-masculino é muito mais complexa e sofisticada do que um simples desejo de ganhar muito dinheiro de uma forma muito agradável e os detalhes dos quais depende a sua transformação numa actividade profissional não são nada poucos.

Mas, comecemos... pelo início. Antes de tudo, é obrigatório fazer um investimento. Uma quantia de dinheiro, bastante grande, que deve gastar sem compromissos em favor da própria imagem. O aspecto físico é fundamental nesta profissão para atrair os clientes. É por isso que deve dirigir a sua atenção especialmente para esse objectivo.

Tudo o que tem a ver com a beleza corporal (desporto, cosmética, nutrição, etc.) e depois com vestimenta ou acessórios, não deve ser deixado ao acaso. Com o tempo é só assim que vai dar ao seu projecto um ar de negócio exclusivo. Não se esqueça! Nesta profissão cada detalhe é importante!

-O aspecto geral. Antes de tudo você deve saber que para as mulheres a sua atitude em determinadas situações, a maneira de se comportar, a maneira de falar, os gestos... são mais importantes do que os desempenhos sexuais (que alguns de vocês infelizmente tendem a exacerbar). Apesar de a beleza masculina determinar opiniões completamente diferentes nas representantes do belo sexo, o sex appeal, a atracção erótica que os homens exercem na mente feminina, resume-se pelos vistos a alguns elementos incrivelmente simples e paradoxalmente inesperados pela maioria dos homens.

-A correspondência entre a atitude do homem e o estado de espírito da mulher. Deve saber que geralmente as mulheres escolhem os homens adequados ao seu estado de espírito, em determinada altura. Isso significa que à primeira vista é muito difícil definir um “modelo” de homem que possa representar um padrão único de sucesso. Mas, se tentar descobrir o que há além do comportamento de uma mulher, se conseguir “ler” a alma dela enquanto estiverem juntos, se por em sintonia a sua atitude à vibração dela, tem todas as chances de ter um sucesso inesperado. Se ela for triste, não tente brincar para entretê-la. Tenha uma atitude semelhante, jogando o papel do filósofo deprimido. Quando ela for sonhadora e fizer todo o tipo de planos loucos, não tente acordá-la para a realidade, dizendo-lhe que as fantasias delas são quase ridículas e não têm nada a ver com a realidade. Pelo contrário. Apoie a imaginação dela... Se a contradizer, não vai voltar para a normalidade em breve, pois isso seria dar-lhe razão. É difícil que aconteça isso. Às úncias idéias que a mulher não sente a tentação de resistir são as próprias. Portanto, deixe ela realizar que está fabulando. Voltará à normalidade bastante rapidamente. Se ela for alegre, você pode rir de orelha a orelha. Brinque com ela, conte piadas para ela, mesmo algumas “sujas”. Nesses momentos não deve absolutamente passar-lhe pela cabeça de lembrar para ela algo concreto ou que podia preocupá-la. Você será severamente punido como alma “incompatível”.

-A caminhada sedutora. Há estudos psicológicos bastante aprofundados que destacam a idéia que a caminhada “masculina” é capaz de produzir na mente das mulheres uma grande dose de consideração e interesse sexual. Assumindo que a flexibilidade e a firmeza dos movimentos rende as pessoas mais jovens e vigorosas, esses estudos revelaram que as mulheres apreciam certas maneiras de caminhar dos homens, considerando a nível subliminar que aquela caminhada revela os atributos essencialmente masculinos aos quais elas se sentem atraídas.

-A voz grave, factor importante na sedução das mulheres. Depois de vários inquéritos realizados entre as mulheres, concluiu-se que elas são muito interessadas nos homens com uma voz grave, baixa... Na percepção delas, a ressonância barítona é indirectamente associada à maturidade, experiência, firmeza e determinação. Noutras palavras, exactamente os atributos que as fazem sentir-se “protegidas”.

-Os homens efeminados atraem as mulheres. Pelos vistos hoje em dia a grande maioria das mulheres prefere os homens com traços algo efeminados. A revelarem isso são sempre os recentes estudos estatísticos. Os olhos angelicais, lábios carnudos e maçãs delicadas são mais preferidos do que os modelos tradicionais de masculinidade, com sobrecelhas retas, mandíbula desenvolvida e massa muscular bem definida.

-A inteligência. A inteligência pode ser extremamente charmosa para as mulheres, mas apenas se for usada para surpreender, para fazer coisas novas, para propor idéias engraçadas ou de fantasia, que traga elas no centro da atenção. A sua educação e a cultura são interessantes aos olhos de uma mulher só se servem para os objectivos e os interesses dela. Senão, são apenas chatas!

-A atenção. Talvez mais do que receber elogios ou presentes, as mulheres gostam de ter a certeza que são o centro do seu universo. Isso dá-lhes um incrível estado de segurança e sabor dos momentos em que estiverem juntos, e se conseguir satisfazer esse desejo delas, vão tornar-se com certeza em clientes fiéis dos seus serviços. Preste muita atenção aos gestos e antecipe as necessidades que poderiam ter. Indo ao encontro desses desejos... elas terão a certeza que na sua mente só há lugar para elas, e isso será suficiente.

-A sexualidade. As mulheres gostam do sexo quanto gostam dos homens, mas ao contrário dos homens, elas não tornam públicas as suas intenções tão abertamente, sobretudo quando traem. Para elas, o sexo como “aventura” deve ter uma motivação. Um “porque”! Nunca por prazer ou necessidade. NÃO! Apenas porque... porque se sentem sozinhas, abandonadas, incompreendidas, porque se sentem injustiçadas, por não ser tratadas com romantismo (como era no início), porque já não recebem flores... Em princípio, o sexo (com um amante) deve ser uma espécie de fatalidade que não podem evitar, “algo” que aconteceu independentemente da sua vontade por aqueles que elas traem e que não teriam aceitado se não... Ou seja, em suma, há uma causa que justifica a decisão delas, caso contrário nada teria acontecido... jamais! A culpa é dos homens! As mulheres são “diferentes”! Por isso, na intimidade, deve permanentemente alimentar este sentimento ingénuo da pureza feminina. Mais desculpas achar para motivar o facto de elas recorrerem aos seus serviços, maior será a animação delas e vão ver em você não apenas um provocador de prazeres, mas também um confidente que podem confiar nos momentos de desespero. Nunca se esqueça que ao contrário dos homens, que consideram a sexualidade mera “descarga”, quanto mais minimalista, mais agradável, as mulheres só aceitam o sexo se for acompanhado por uma história.

-A classe. Se provar ter alguma classe e cultura, as mulheres irão apreciá-lo também além da intimidade e esta é uma das condições mais importantes para que elas voltem a ligar para si. Talvez seria bom aprender algo sobre os vinhos e comidas, sobre as receitas exóticas, moda, designers ou fotomodelos em voga, sobre os novos perfumes, sobre a arte, história, talvez mesmo sobre arquitetura, design ou tudo o que podia ser classificado como “sabias que?”. Os conhecimentos variados vão diminuir nas mulheres a sensação que só estão consigo para satisfazer os seus desejos carnais (embora isso seja verdade pura), e alimentar a idéia de que você é uma boa companhia, um homem culto, que também satisfaz o lado espiritual delas, aquele lado “que tanto gostam!”.

-Senso de humor. É verdade, o humor pode ser considerado um verdadeiro afrodisíaco para as mulheres. Se for capaz de fazer elas rir, tudo vai correr bem. Como já dissemos, o principal problema delas é mascarar o desejo de sexo com qualquer coisa... e o riso é uma boa solução, já que relaxa de uma maneira que pode parecer inocente, sem intenções vulgares. “Elas não querem apenas sexo, querem também emoções, sedução, ternura...”.

-O aspecto. Sobre ao aspecto geral que quer ter é necessário consultar uma série de estilistaa profissionais que lhe ofereçam as melhores soluções especialmente concebidas para a sua presença física. A partir de como cortar ou arrumar o cabelo até à vestimenta mais adequada para si.

-O cabelo. O cabelo deve estar em perfeita sintonia com aquilo que os seus traços faciais transmetem, com o corpo e não menos importante com o estilo de roupa que você adoptar. De qualquer maneira, frequente o barbeiro o mais possível. Um cabelo cortado ou arrumado frequentemente denota pedantismo e elegância.

-A pele. Use soluções profissionais para cuidar da sua pele, isso é apenas salões especializados e absolutamente não a sufoque com cremes ou soros de qualidade duvidosa.

-Os dentes. Os dentes brancos são a arma secreta que deve ter e usar a cada sorriso. Antes de qualquer encontro, escove bem os dentes e refresque o hálito com anti-séptico bucal ou pequenos rebuçados aromáticos.

-Os olhos e as pálpebras. São os elementos estéticos mais sensíveis do seu rosto, que traem logo as eventuais noites brancas. Infelizmente, a imagem dos olhos cansados é capaz de reduzir ao mínimo o apetite sexual das potenciais parceiras, pois deixa a nível subliminar a sensação de tédio ou falta de envolvimento.

-As unhas. São um detalhe muito visível das suas mãos por sua vez, é preciso que tenham sempre um aspecto extremamente arrumado. Ao brindar um copo de vinho ou champanhe, ao oferecer uma flor ou ao acender um cigarro, ao acariciar ou ao abraçar apaixonadamente, as unhas aparecem antes de tudo em primeiro plano e acredite que têm um papel visual particularmente importante na percepção da mulher.

-A roupa íntima. Quando se trata disso você tem que se acostumar com a idéia de que é um investimento absolutamente necessário e permanente que irá demostrar a sua eficâcia abundantemente. É por isso que tem de visitar frequentemente as lojas especializadas e quando estiver olhando para as prateleiras com esses produtos não pense em poupar.

-Os perfumes. Não exagere com o uso dos perfumes e aftershaves. Estes só devem ser um ar discreto de elegância que o acompanha ao momento da aproximação íntima (em público) ou uma leve onda de sensualidade, quando a parceira descobre o seu corpo nu.

-As roupas. Independentemente do tipo de roupa que decidir usar, há duas coisas fundamentais: a limpeza e o aspecto arrumado. A roupa amassada, suja ou que cheira a suor, por mais elegante que seja, deixa uma sensação desagradável de indiferença e descaramento, e as mulheres são extremamente sensíveis, a nível crítico, claro, com esses detalhes.

-Os acessórios. Não deve optar absolutamente pelas cadeias gigantes ou quaisquer outros pingentes que deixam uma sensação de que a pendurar no pescoço haja uma “bola de canhão”. Mesmo se você tiver a impressão que esse tipo de acessórios possam atribuir-lhe uma imagem de “duro” ou de “macho”, as mulheres não pensam da mesma maneira.

-Assista os canais de moda ou leia as revistas para as mulheres! Afim de entender melhor a psicologia das mulheres, e também para ter temas comuns de conversa, é bom estar informado sobre todas as novidades da esfera de interesse delas. Moda, cosmética, perfumes, fofocas, receitas de emagrecimento, etc. Pode abrir qualquer revista para as mulheres e entender logo o que é que elas querem.

-As fotografias. Dizem que uma fotografia vale mais do que 1000 palavras e asseguramos que é assim mesmo. Por isso é aconselhavel que use os serviços dos profissionais que realizem para si portfólios expressivos e de grande qualidade ((técnica e artistica). Tente ser original e evite as banais posições de “pensador” (de queixo na palma da mão) ou de “homem musculoso” (tenso como um peru irritado). Também mostrar exclusivamente os seus órgãos genitais não é uma boa escolha, pois você dirige-se a uma categoria de mulheres que não querem se sentir em culpa por querer sexo, e escolher perfis desses pode colocá-los em dificuldade com a própria consciência. As mulheres querem acreditar ou iludir-se de forma agradável... de que estão procurando você sobretudo por reviverem sentimentos e sensações que decidiram que lhes fazem falta. Tente adoptar atitudes mais normais possível, decentes, vestido elegantemente e talvez com uma mímica que sugere um temperamento apaixonado.

É possível que depois de ler todos esses conselhos fique um pouco desconcertado... pois, é verdade, vai demorar algum tempo até se transformar num verdadeiro acompanhante profissional e ganhar, consequentemente, o dinheiro com que provavelmente sonha. Com certeza que não vai ser fácil, especialmente se quiser ter um comportamento mais elitista e refinado...

 

É bom começar com uma Agência? Em princípio, no início terá muitas coisas para fazer e o tempo para atender o telefone e encontrar os clientes não será muito. Portanto... é verdade, pelo menos por um tempo, é melhor que trabalhe com uma Agência que lhe forneça um número rezoável de encontros.

Além do mais, as Agências já são famosas, uma fama que têm vindo a ter ao longo dos anos, e são mais confiáveis aos olhos das clientes. Mas talvez a maior vantagem desta opção é que pessoas experimentadas que administram acompanhantes ou que praticam esta profissão há muito tempo, podem lhe oferecer conselhos muito úteis para o início de carreira. Ao colaborar com as Agências, os rendimentos serão um pouco menores, já que uma parte dos ganhos deverá ser cedida para essas, mas consequentemente as suas responsabilidades serão também muito menores.

 

É melhor fazer negócios numa cidade grande ou pequena? É verdade que quase em todo o mundo as pessoas são atraídas pela idéia de ter sucesso num ambiente desenvolvido onde há um maior número de consumidores e de dinheiro em circulação. Mas a aglomeração das grandes cidades significa ao mesmo mesmo tempo uma concorrência feroz, às vezes extremamente cínica e agressiva, que deverá enfrentar com grandes esforços.

Por isso, há situações quando as cidades menos importantes, não muito grandes, mas com alto potencial turístico, ofereçam maiores chances de sucesso, seja devido à relativa falta de competição que ao ambiente social adequado para os “divertimentos”.

Portanto, numa perspectiva de longo prazo, trabalhar numa pequena cidade com clientela fixa e relações de amizade que se fortificam com os habitantes locais, não é uma má idéia. Mas atenção! Esse tipo de cidades requerem serviços extremamente qualitativos e um comportamento exemplar, já que entre poucas pessoas é mais fácil espalhar a palavra, e as fofocas (sobretudo aquelas negativas) voam como folhas levadas pelo vento. Se não prestar atenção à escolha das clientes e magoar os homens importantes da comunidade... em breve terá que se mover.

 

 Quais as vantagens em ser independente? Os acompanhantes independents são aquelas pessoas que preferem gerenciar a sua actividade por conta própria. Eles não são afiliadaos a quaisquer Agências ou pessoas intermediárias e todo o sistema de acções que tornam esta profissão viável é iniciado e realizado exclusivamente por eles mesmos. Desde o caminho publicitário, às conversas com as potenciais clientes, escolha do horário de trabalho, transporte necessário para as viagens, para nem falar dos próprios serviços, cabe tudo exclusivamente a uma pessoa: você.

Pode parecer difícil e no início é mesmo, mas apesar disso com o tempo e várias experiências mais ou menos agradáveis, terá uma maior capacidade de se adaptar às realidades directas deste contexto, e numa perspectiva a longo prazo, os resultados benéficos não tardarão em se fazer sentir.

A atrair os acompanhantes para a independência desta profissão é provavelmente a flexibilidade do programa e a adaptação das tarifas para cada cliente, em base da avaliação pessoal ou da disponibilidade para com as solicitações das várias clientes.

O facto de eles terem possibilidade de estabelecer o próprio horário como lhes apetecer, dá-lhes uma incontestável sensação de conforto. Além do mais, o montante resultante da sua prestação fica inteiramente na sua posse.

Geralmente, as clientes que escolhem os acompanhantes não querem apenas sexo. Elas querem uma companhia íntima que as entretenha a nível cerebral também, e sobretudo que seja capaz de ter uma conversa com elas... e você deve saber que são esses detalhes que vão fazer a diferença entre si e grande parte da concorrência.

 

Quais as desvantagens em ser um acompanhante independente? Como acompanhante masculino independente, você não terá absolutamente ninguém que o ajude sustentar tudo o que significa o mecanismo deste negócio. O investimento inicial, a publicidade, a presença no maior número de sítios especializados, as respostas aos emails, as sessões fotográficas relativamente periódicas, a manutenção física, as visitas no cabeleireiro ou nos salões de cosmética, atenter as chamadas telefónicas e não menos importante... os próprios encontros, tudo isso cabe estritamente a si.

Infelizmente, com esta opção (de “independente”) o sucesso e sobretudo os ganhos significativos só chegam depois de você ter passado por um período relativamente longo de tempo, onde através das próprias experiências (mais ou menos agradáveis) vai aprender a gerir essas várias e importantes componentes do seu negócio. Desistir de qualquer uma dessas, faz com que o sucesso chegue mais tarde ou mesmo nunca.

Aqui estão brevemente listados alguns aspectos mais desagradáveis da profissão de acompanhante-masculino:
-Deve realizar por conta própria um plano de marketing e publicidade.
-Deve pagar um fotógrafo para a realização de portfólios foto profissionais.
-Deve saber usar o computador e a internet.
-Deve publicitar-se no maior número de sítios especializados.
-Deve responder prontamente às eventuais mensagens recebidas por email.
-Deve procurar, atrair e manter por conta própria o portfólio de clientes.
-Deve perder tempo relativamente importante para expandir a sua rede de conhecidos.
-Se tiver um sítio web, é necessário investir muito dinheiro e passar muito tempo na frente do computador, para a actualização constante e para torná-lo conhecido entre o maior número de utilizadores.
-Deve encontrar soluções de transporte para os locais de encontro.
-Quando tomar as próprias medidas de segurança.

Esses aspectos acima listados não são necessáriamente inconvenientes, pois há alguns homens mais voluntários e com espírito de iniciativa que os consideram verdadeiros desafios... Desafios que uma vez ultrapassados, abrem o caminho para vantagens e rendimentos consideravelmente maiores. Porque é verdade, todos esses “problemas” fazem a diferença entre uma profissão de empregado ou colaborador e um pequeno negócio por conta própria.

 

Quais os “segredos” mais importantes do sexo? Em princípio aqueles que pensam que o sexo tenha muitos segredos, estão errados. Só há grandes segredos nos métodos pelos quais se alcança o sexo, numa maneira sensual e refinada. O acto erótico em si, é apenas um destaque.

O único detalhe que rende o sexo extraordinariamente interessante e agradável para todos é a ausência de regras e uma participação total, sem restrições, sem falsos pudores, sem preconceitos ou vergonha, em tudo o que significa explorar as sensações emocionais de excitabilidade. Porque é verdade, no sexo absolutamente nada é proibido, humilhante, condenável, indecente ou inaceitável, desde que os dois tenham um desejo real de ultrapassar juntos o limite de todas as curiosidades.

Para os acompanhantes os objectivo principal que deve considerar para estarem no topo das preferências não é o sexo, mas sim as preliminares...

 

Como provocar na sua parceira exitação em pouquíssimo tempo?

1.-Aqueça-a tanto física como mentalmente: Antes de usar os métodos clássicos de excitação de uma parceira, é bom “preparar o terreno”. Nem sempre é necesário tocar numa mulher para “aquecê-la”. Às vezes são suficientes alguns sussurros, algumas boas piadas, alguns elógios sinceros, um jogo erótico... ou uma ligeira imagem indecente do seu corpo em movimento sútil de dança. Tudo isso pode ser o sucesso na realização das preliminares. Deverá usar a sua fantasia e alternar esses “ingredientes” de acordo com o temperamento ou a atitude da cliente. Algumas mulheres são mais românticas e tímidas, outras mais apaixonadas e insaciáveis, muitas vão querer ser possuídas mesmo aí no elevador... Será necessário deixar-se guiado pelo instinto e pela experiência que adquiriu ao longo do tempo no caminho das melhores atitudes.

2.-Seja directo: outra maneira de provocar a excitação de uma mulher é de tocá-la de uma forma simples e directa. Talvez talbém com um pouco de malandrice...

Quer que você prefere lhe fazer sexo oral ou estimulá-la manualmente, há três regras de ouro sobre a vagina de uma mulher:

a)-Não seja brutal: Ao contrário dos homens, as mulheres sentem prazer de uma forma mais delicada, mais suave. As suas carícias, mesmo se for intensas, fortes, apaixonadas... devem tem uma certa candura que revele aquele sentimento protetor de que as mulheres tanto gostam.

b)-Use um ritmo sempre mais rápido: Se no início os movimentos são mais lentos e um pouco sensuais, como se estivesse mimando a vagina e o clítoris dela, é necessário que o ritmo dos movimentos acelere em breve, não muito mas de forma evidente, para oferecer aquela sensação de “paixão”. Se ela permitir, pode introduzir um ou dois dedos na sua vagina, com a palma na mão dirigida para cima, para que o clítoris esteja entre o topo dos seus dedos. Nalgum lugar na parte superior do interior da vagina, vai sentir uma área como uma esponja mais dura, onde se você puxar ritmica (mas delicadamente), vai notar imediatamente os sinais da excitação na cara da mulher ou o ritmo da respiração que cresce significativamente.

c)-Muita saliva e sussurros: A saliva é um dos melhores lubrificantes, especialmente se a vagina tem mais dificuldades em ficar molhada. Enquanto fizer cunnilingus para ela pode também sussurrar-lhe algumas perguntas sobre os seus prazeres íntimos, as suas fantasias ou pode sugerir para ela, sempre sussurrando, várias coisas que ela podia fazer consigo.

d)-Aqueça as solas dela: Todos os homens deveriam saber que as mulheres adoram aquecer os pés enquanto estiverem nuas na cama. O aquecimento dos pés faz com que elas se sintam mais confortáveis, portanto... certifique-se de cumprir esta cândida necessidade dela. O que você não sabia, no entanto, é que os pés quentes facilitam a disponibilidade em atingirem orgasmo. Então... se quer colocar ela numa atmosfera romântica, sensual, pode fazer-lhe uma longa massagem, usando géis ou óleos com aromas orientais. Vai com certeza obter resultados espectaculares, especialmente se prestar atenção aos dedos e às zonas entre os dedos.

 

Como levar uma mulher ao êxtase? Para as mulheres os orgasmos múltiplos são como os doces: depois de ter tido um, querem mais. São doces, gratificantes e viciadores. Esses orgasmos são accessíveis a todas as mulheres desde que tenham uma atitude aberta e queiram realmente atingi-los.

-Prepare a atmosfera! O conforto é muito imprortante! Se não conseguir levar uma mulher ao relaxamento total, a se sentir segura e envolta numa atmosfera calma e relaxante, você ficará um pouco decepcionado pelos resultados, pois o mecanismo de expressão do erotismo feminino não funciona tão simplesmente e sem pretenções como para os homens. É necessário que tudo ocorra num quarto arejado, arrumado, os lençóis da cama devem ser limpos e os travesseiros macios. Evite decorar os interiores com cores berrantes e eventualmente use pouca luz, aconchegante que deixe a sensação de calma. É obrigatório tomar um duche antes, se barbear e desligar o telemóvel. Para as mulheres, qualquer interrupção ou desvio da atenção durante o acto erótico é catastrófico.

-Fale de uma forma agradável e não se esqueça de congratulá-la! É muito importante que você expresse os seus sentimentos, que use todos os meios para confirmar que ela é sexy e que o fascina. Nunca deve sentir que você faz isso porque ela o paga... Sincronize os movimentos, as carícias ou os gestos tenros com palavras gentis que possam lisonjeá-la e que façam com que ela se sinta mais próxima a si.

-Descubra os segredos... Para levar uma mulher a querer o orgasmo ou os orgasmos, é essencial comunicar. Fale com ela, descubra o que é que ela quer, gosta, como sonha em ser abordada, tocada, acariciada, beijada... A maioria das vezes, uma mulher conhece os próprios pontos erógenos e pode dizer-lhe com bastante precisão o que é que gosta ou não. Obviamente essas confissões não podem ocorrer como durante uma interrogação. É preciso ter paciência, diplomacia e um conversa cuidadosa, afim de descobrir os segredos dela com prazer e sabor, de uma forma indirecta... sútil e quase imperceptível... como uma cortina ligeiramente abalada pelo vento... à primavera.

-Não se apresse! Se quer que ela tenha orgasmos múltiplos, precisa trabalhar um pouco para isso. Acaricie cada lugar do corpo dela, fale sujo para ela, faça-lhe cunnilingus. Se conseguir levá-la a atingir o orgasmo antes da penetração, será muito mais fácil atingir os outros. Não se apresse! Se ela sentir que você está com pressa, tudo aquilo que conseguiu até àquele momento será perdido.

-Não pare depois do primeiro! Se após ter tido um orgasmo você continuar logo a acariciá-la e a falar-lhe, se lhe disser quanto está maravilhosa e bonita quando tem uma explosão de prazer, ela já estará a beira do segundo.

-A variação é tudo! Mantenha a calma e continue a excitá-la, alternando as posições e o tipo de estimulação para evitar uma rotina que pode inibi-la ou aborrecê-la. Se observar que ela está perdendo o interesse, deve mudar alguma coisa. Não se esqueça que depois do orgasmo, o clítoris é muito sensível. Concentre-se numa zona erógena diferente até ela alertar você que gostaria de ser tocada aí novamente.

Se ela disser que “não”, significa que você deve parar. Talvez naquele momento ela queira um único orgasmo, seja cansada ou simplismente não queira continuar. Tenha paciência e os resultados serão gratificantes para os dois.

 

O que devia fazer sobre os maridos das clientes que me apanham em “flagrante”? Esta é uma das situações mais desagradáveis que podem acontecer a um acompanhante. Geralmente, aconselhamos que mantenha a calma, que não responda e que absolutamente não se deixe levar pela tentação de responder com agressividade às violências verbais ou físicas da pessoa que o apanhou em flagrante delito. Deve entender que esta situação é particularmente desagradável e seria bom comunicar para ele, usando um ton conciliador, que você o entende, que pode se colocar no lugar dele e imaginar-se como se deve sentir, pois você também é homem... mas a única razão pela qual você está aí é a sua profissão e tudo isso não é absolutamente pessoal.

Se a situação degenerar, deve chamar as autoridades. Responder às perguntas deles será bastante desagradável, mas é a única solução para evitar os fins lamentáveis.